20.12.06

JULHO


Não resisti a transcrever uma crónica à portuguesa enviada em Julho... Para os que a perderam aqui fica a oportunidade para a reler. Claro está, que nesta altura ainda estávamos em grande...


Portugueses e Portuguesas,

Como correspondente em terras de sua Majestade (mais precisamente em Londres, para quem ainda não sabe que estou por cá) não poderia deixar de me manifestar depois da nossa grande Vitória de Sábado: muito bem merecida e com sabor adocicado.
Posso imaginar a emoção nacional - buzinões até ao Marquês, praias desertas, farras até às tantas, muita garganta rouca e muitos ataques de coração. É verdade que a nossa festa teve de ser bem mais contida, pois esta gente é completamente louca, principalmente depois de estarem a beber desde as 2h ao sol, com 30 graus e com a derrota atravessada na garganta.
Se por um momento gostaria de ter estado aí, para reviver tempos do último Euro, confesso que há coisas que não têm preço e isso foi precisamente a cara de tacho dos ingleses.
Nem imaginam o quanto zombaram de nós, na rádio, nos jornais, a semana toda, para eles já estávamos no papo e principalmente sem o deco e o costinha acharam que não tínhamos mais jogadores nenhuns. Lojas de apostas onde a Inglaterra era a óbvia favorita (devia ter apostado, hoje era rica). Bocas e comentários assumindo realmente que iriam ganhar. A confiança era tanta, que não havia sequer a hipótese da falhar... O "self-marketing" (se é que este conceito existe) foi absolutamente incrível...
O drama desta semana de um colega meu era que à hora da semi-final iria estar num avião, vindo de uma reunião algures na Europa e não poderia ver o jogo INGLATERRA-ALEMANHA. Pois parece que acabaram os problemas dele... para cá para mim,esta semana só tem de remoer-se com a derrota e de eu passar a figurar nos piores pesadelos dele.
Todos os portugueses tiveram histórias semelhantes, não é pura coincidência. Português que é português - muito humilde - apenas sorriu, mas cá dentro só pensava - o que eu dava para ver a vossa cara na segunda-feira. E olhem, não foi preciso pagar. Ontem dei uma olhada pelos jornais sensacionalistas, pois nao consegui resistir às imagens de primeira página - os jogadores ingleses a chorarem que nem umas madalenas. Pois é amigos, life goes on... mas a nós ninguém nos tira esta satisfação e orgulho nacional... E já cá temos o Mourinho a contribuir para a melhoria da nossa reputação...
Se a vitória tivesse sido inglesa, já tinha ouvido um ou outro comentário, mas como isso não aconteceu, estão muito calados - cá para mim, ainda estão é de ressaca - mas achei que poderia vir a ser alvo de alguma infelicidade de algum deles.
Aliás, até fui, mas apesar de aqui ser considerada "tamanho petite", levantei-me e pus-me em bicos de pé e disse "Alto e pára o baile, isto é uma casa portuguesa e não admito faltas de respeito por causa de um jogo de futebol", no dia seguinte recebi um ramo de flores...
O que vale é que nesta cidade, tão internacional que é, todos os outros que não estavam por Inglaterra torceram por Portugal. Estou farta de receber mensagens de estrangeiros a felicitar-me pela nossa vitória, portanto a cidade esteve realmente em festa. Eu nem sei bem como, depois do jogo, fui parar no meio da GAY parade, mas os ingleses que encontrámos, felicitaram-nos e mostraram que até conseguem ter fair play.
Ficarão chocados, mas a partir de agora mesmo que percamos com a França, já não faz muita diferença, só o facto de chegarmos até aqui foi um feito histórico e que nos fique a lição que afinal, afinal, não somos assim tão pequeninos como muita gente julga e que nos devíamos dar mais valor...
O sol brilha, fazem 33 graus lá fora, as noites são quentes, pois é, não há nada mais a dizer, esta cidade no verão é absolutamente fantástica. É verdade que o sol e o calor ajudam, mas ela é fantástica de qualquer maneira. Dificilmente alguém me tira de Londres este Verão para ir de férias para qualquer lado, virei Londrina e vou para um destino exótico no Inverno para fugir do frio...
Mas a energia é absolutamente indescritível, só cá vindo, Lisboa é relativamente constante entre as várias estações do ano, comparado com Londres. Portanto aqui fica a sugestão...

2 Comments:

Blogger MP said...

ainda aí estás em Julho 2007?
; )

12:16  
Anonymous prainha said...

Tudo indica que sim...

13:16  

Post a Comment

<< Home